Como promover o bem-estar e a resiliência utilizando o modelo PERMA

Todos desejamos alcançar bem-estar psicológico. No entanto, a vida apresenta-nos tantos obstáculos, uns maiores do que outros, que acreditamos que esta é uma tarefa praticamente impossível. Mas e se o truque para nos sentirmos bem passar por nos focarmos em atividades e pensamentos que aumentem as emoções positivas, em vez de apenas tentarmos eliminar as fontes de desconforto? O modelo PERMA identifica as 5 dimensões que contribuem para a construção do bem-estar e resiliência individual, e que também podem ser aplicadas num contexto profissional.

Da teoria à prática!

Bem-estar e resiliência no topo da lista de prioridades de RH

Não é novidade nenhuma que colaboradores felizes têm maior satisfação e produtividade no trabalho. Mas o que é realmente necessário para sermos felizes no trabalho? As necessidades de cada pessoa mudam consoante o contexto e, até há uns anos atrás, um bom salário era a condição base para a satisfação profissional. Hoje em dia, outros fatores podem fazer a diferença.

Um fator importante é a preocupação da organização em relação ao bem-estar psicológico e à saúde mental dos seus colaboradores. Como se pode garantir a paz de espírito das pessoas perante a incerteza no mercado de trabalho atual? A chave é criar um ambiente em que cada um seja livre de construir a sua própria felicidade, dar espaço às emoções positivas e permitir que estas sejam uma fonte de energia para lidar com as mudanças e superar os desafios que o trabalho lhes coloca. Para conseguir isto, o modelo PERMA de Martin Seligman poderá ser uma boa fonte de inspiração.

O que é o modelo PERMA?

Teorizado pelo psicólogo Martin Seligman, o pai da psicologia positiva, o modelo PERMA é um modelo que traça as características das pessoas que "florescem". Especificamente, Seligman identifica 5 aspetos que devem ser voluntariamente trabalhados para que cada pessoa venha a prosperar e, assim, reduzir a sua ansiedade, stress e depressão: Emoções positivas, Envolvimento, Relações, Significado e Realização.

GLOBAL Blog Perma Model 2X

Uma vez que estas cinco dimensões são independentes e são medidas separadamente, cada pessoa é livre de dedicar mais esforço a uma dimensão do que a outra, seguindo os seus próprios instintos e inclinações. No entanto, é importante notar que, em muitos casos, as cinco áreas tendem a influenciar-se positivamente umas às outras e em conjunto contribuir para a felicidade não só individual, mas também das comunidades.

Os 5 pilares do modelo PERMA

  • Emoções positivas: as emoções positivas - tais como a alegria, a esperança, o amor, a gratidão, a satisfação e a diversão - são a base da motivação intrínseca. Ser capaz de reconhecer, desfrutar e integrar estas emoções nas nossas vidas é vital para melhorar a nossa atitude e reforçar a nossa resiliência.
  • Envolvimento: segundo Seligman, precisamos de aumentar o tempo que dedicamos a todas aquelas atividades ou situações que nos envolvem ao ponto de entrarmos numa espécie de "fluxo", em que o espaço e o tempo parecem estar parados. É aqui que nos concentramos totalmente no momento presente.
  • Relações: Os seres humanos são, por natureza, animais sociais. Vivemos com a necessidade de nos ligarmos a outros. A construção de relações fortes e positivas torna-nos mais fortes e felizes e aumenta o nosso sentido de pertença e proteção.
  • Significado: quer se trate de voluntariado, da participação na organização de um evento ou do desenvolvimento de uma nova competência para atingir um objetivo específico, envolver as nossas energias em atividades com significado é uma fonte de emoções positivas e ajuda-nos a superar melhor as dificuldades.
  • Realização: Olhar para trás e sentir orgulho por se ter atingido um determinado objetivo ou tarefa faz-nos sentir mais fortes e confiantes. E, de acordo com Seligman, este sentimento é ainda mais forte quando trabalhamos para objetivos intrínsecos, tais como o crescimento pessoal.

O modelo PERMA aplicado ao trabalho

Apesar de se referir ao florescimento individual, o modelo PERMA pode também ser utilizado por organizações e pelas suas equipas de RH para criar um ambiente de trabalho positivo que ajude a promover o bem-estar e a resiliência. Aqui ficam algumas sugestões:

  • Trabalhe num ambiente favorável às emoções positivas. Embora isto possa parecer um pouco subjetivo, as organizações têm de facto o poder de estimular as emoções positivas. Efetivamente, se os seus colaboradores desfrutarem do tempo que passam no trabalho e beneficiarem de um ambiente de trabalho positivo, serão capazes de enfrentar as dificuldades com maior otimismo e resiliência. Isto poderá ser alcançado através do encorajamento da troca de feedback positivo e do apreço entre colegas, promovendo um bom equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e criando oportunidades de lazer para recarregar baterias.
  • Cultive o talento pessoal. Para que os seus colaboradores desfrutem plenamente do seu trabalho e se sintam envolvidos naquilo que fazem, é importante que lhes seja dada liberdade para seguir as suas próprias inclinações e desenvolverem os seus talentos ao máximo. Se lhes der a oportunidade de crescer e construir uma carreira alinhada com as suas expectativas e desejos, terá colaboradores mais felizes, entusiasmados e empenhados. Não se esqueça também de celebrar os êxitos dos seus colegas! Ao fazê-lo, aumentará a sua autoconfiança e fidelização à organização.
  • Encoraje relações positivas. Laços sociais fortes contribuem para a nossa saúde física e mental. Na esfera profissional, construir relações interpessoais positivas é importante para criar um sentimento de pertença, melhorar a gestão do stress e aumentar a produtividade. Assim, a próxima tarefa da sua equipa de RH deverá ser facilitar as interações entre colegas e promover uma cultura de feedback saudável. Mas isso não chega. É também importante gerar oportunidades de socialização fora da esfera estritamente profissional, com atividades de team building, envolvendo toda a empresa ou grupos individuais. Por exemplo, porque não organizar um lanche de equipa ou experimentar um dos WorkOuts da GoodHabitz?
  • Partilhe e envolva. Saber que as nossas ações diárias contribuem para algo maior do que nós faz-nos sentir mais motivados e conectados. Especialmente, no local de trabalho. Certifique-se de que os seus colaboradores estão sempre a par dos projetos da organização e que sabem de que forma o seu trabalho contribui para alcançar os objetivos globais da mesma. Isto fará com que se sintam mais envolvidos e atribuirão um significado mais profundo ao trabalho que realizam diariamente. Além disso, promova atividades social e ambientalmente responsáveis na sua empresa. Pode começar por recomendar o curso de sustentabilidade da GoodHabitz.
  • Ligue valores a objetivos. Atingir objetivos faz-nos sentir bem, mas para manter os seus colaboradores felizes durante todo o processo, estes devem acreditar no trabalho que desenvolvem e sentir que realmente fazem a diferença. É função dos gestores e responsáveis de RH reconhecer e valorizar o potencial dos seus colaboradores, e depois desenvolver percursos de carreira alinhados com os seus valores e aspirações. Para simplificar este processo, pode utilizar o "Plano de Ação Pessoal" da GoodHabitz, disponível no Promo Studio. Utilize-o para identificar os pontos fortes e as áreas de crescimento de cada um dos membros da sua equipa e trabalhe com eles para desenhar o seu caminho ideal de desenvolvimento.

Trabalhando juntos pelo bem-estar

O bem-estar no trabalho não pode ser visto como um objetivo a ser perseguido, alcançado e depois riscado da lista de tarefas. Muito pelo contrário. É um processo contínuo que está sempre sujeito a mudanças e alterações. Mas, é também um objetivo que deve ser partilhado e todos os envolvidos devem fazer a sua parte. Assim, embora a equipa de RH possa e deva pôr em prática uma série de ações - como as sugeridas pelo modelo PERMA - é igualmente importante que tanto os diretores como os colaboradores contribuam. Todos os objetivos devem estar alinhados para que se crie uma cultura corporativa de bem-estar físico e mental. Os primeiros devem assegurar que o seu estilo de liderança é adequado às necessidades de um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico, digital e complexo; os segundos devem cuidar da sua saúde, reconhecendo e valorizando os seus pontos fortes e continuando a desenvolver novas competências que os façam sentir mais fortes, mais felizes e mais realizados.

Ao seguir o modelo PERMA de Seligman e encorajando toda a gente a fazer o seu melhor na construção de um ambiente positivo, as organizações asseguram o bem-estar dos seus colaboradores e ajudam-nos a superar os desafios futuros com uma atitude positiva.

Hoje é um bom dia...
para ler mais!

GLOBAL Blog Reskilling Vs. Upskilling@2X
EN Blog Empower Your Employees With Goodhabitz@2X

Quer ler em primeira mão
o artigo mais recente do nosso blog?

Fantástico! Subscreva a nossa newsletter mensal e receba os artigos mais recentes do blogue diretamente na sua caixa de entrada.